Viveiro nativo

 

Além de realizar estudos sobre a flora do cerrado, os viveiros se constituem também em arquivos de sementes e em locais de formação de mudas para utilização em projetos específicos de arborização, recuperação de áreas degradadas, aproveitamento econômico, agrosilvicultura e paisagismo. A área disponível do viveiro tem a capacidade para produção de 500 mil mudas.

 

 

O viveiro nativo do ITS é um laboratório a céu aberto, utilizado por diversos professores de áreas afins para realização de aulas práticas, pesquisas e o conhecimento sobre a flora do cerrado. 

 

O viveiro nativo do ITS está sob a coordenação do pesquisador e agrônomo Jorge Rosa Silva.

 

 

Copyrights © 2021 - Universidade Católica de Goiás - Todos direitos reservados.